A importância do Plano de Ação para o Sucesso Empresarial!

Passar do estágio do planejamento empresarial e fazer as coisas acontecerem nos negócios!

Ter uma ascensão na carreira, cumprir metas com efetividade, alcançar resultados maravilhosos para empresa, com toda certeza, são algumas das coisas que todo profissional deseja.

Mas, pra conseguir ter isso, é necessário um bom planejamento e uma grande disciplina para cumprir com ele.

Elaborar um plano de ação é um dos melhores meios de separar as etapas de execução e obter, assim, um estudo detalhado.

Plano de ação

O plano de ação é uma ferramenta simples e muito eficiente para planejar e acompanhar as atividades. Ele é usado para garantir que as tarefas não fiquem para trás, mesmo sendo simples reuniões ou pequenos projetos.

Podemos dizer que esse plano é um documento usado para planejar aquilo que for necessário para atingir o resultado que se almeja ou ajudar na resolução de problemas.

É um documento gerado e mantido no formato de planilha e contêm informações como objetivos, tarefas e os responsáveis por elas, com suas respectivas datas de entrega.

É possível criar um plano simples, com escassos campos de monitoramento e controle, ou, você pode criar algo mais robusto.

Um bom plano de ação deve conter:

  • O objetivo geral que deseja alcançar usando essa estratégia;
  • Uma lista com ações e atividades que devem ser executadas;
  • Datas com o início e fim esperados para cada atividade;
  • Orçamento de cada ação;
  • Quem será o responsável de cada tarefa;
  • Quais são os riscos que podem ocorrer na execução e os possíveis planos de contingência.

A importância do Plano de Atividades

Se você não quer ficar desestabilizado e cego, sem ter a menor noção de para onde deve ir, então você já sabe qual a importância em ter um plano de ação.

Esta é uma ferramenta simples e traz objetividade nas execuções das atividades. Essa ferramenta auxilia na praticidade e na organização, para o crescimento acelerado e saudável de uma empresa, sem a perda do controle financeiro.

E pode acreditar, esse simples processo vai atingir de forma significativa sua economia de tempo e recursos.

Como criar o plano de ação

Basicamente, temos cinco processos para criar um plano de ação:

  • Iniciação;
  • Planejamento;
  • Execução;
  • Monitoramento;
  • Encerramento.
  • Iniciação

O objetivo é o ponto mais importante no plano de ação. Para definir todo o resto do processo é fundamental saber exatamente aquilo que se espera dele.

Para uma boa execução, também é preciso que o executor do processo tenha um bom conhecimento sobre ele, assim, o projeto será elaborado com mais eficiência.

  • Planejamento

Estando com o objetivo definido, a segunda etapa é o que dará a base para toda a estrutura do projeto. Aqui são definidas as atividades e os recursos que serão utilizados para a sua execução.

Nesta etapa, deve haver a elaboração de um cronograma, determinando a participação dos profissionais e qual serão os custos necessários. Também é importante criar estratégias de emergência.

  • Execução

A fase em que tudo que foi planejado começa a ser colocado em prática. Deve ser atribuído o consumo de orçamento calculado, assim como os recursos fixos e humanos para cada uma das tarefas executadas.

  • Monitoramento

É importante desenvolver formas de monitorar a evolução geral do plano. Se identificar algum problema, ele deve ser listado, a causa identificada e a solução atribuída. Se necessário, ajuste a etapa para garantir a eficácia do projeto.

  • Encerramento

Nesta fase o plano de ação deve ser revisto e as informações transferidas para outro documento, onde se possa fazer o acompanhamento corretamente.

Realize um planejamento de qualidade e tenha uma empresa com alta eficiência e que se destaca no mercado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *